Sindicatos unidos em defesa dos direitos dos trabalhadores

Representantes do Sindicato dos Rodoviários de Pelotas estão desde terça-feira (27) em Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre, apoiando o movimento de paralisação dos trabalhadores do transporte urbano e fretamento da cidade, que entraram em greve na madrugada de domingo. 

Os rodoviários de Esteio pedem reajuste salarial real de 5%; adicional de dupla funçãode 15% sobre o salário dos motoristas que também exercem a função de cobrador; e vale-alimentação de R$ 30 proporcional à jornada.

“Houve uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho, mas não houve acordo com a classe patronal e a greve foi mantida, então viemos dar apoio à mobilização destes companheiros, ainda mais que esta situação em Esteio se parece muito com a que enfrentamos em Pelotas, pois nossas reivindicações são muito parecidas. Como Sindicato não podemos deixar de apoiar outros trabalhadores que lutam por seus direitos e defendem pautas justas, como essas”, diz o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Pelotas, Claudiomiro do Amaral.

Reunião

Nesta quinta-feira (29) os diretores retornam para Pelotas onde, a partir das 16h, se reúnem com representantes do Consórcio do Transporte Coletivo de Pelotas para discutir a pauta de reivindicações da categoria.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 17 =