Sindicato encaminha pauta para Consórcio

A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Pelotas e Região (STTRP) encaminhou, nesta semana, para os representantes do Consórcio do Transporte Coletivo de Pelotas (CTCP) a pauta de reivindicações da categoria para a convenção coletiva de 2024. As demandas incluem reajuste salarial e a criação de uma nova categoria funcional, para contemplar os motoristas que trabalham sem cobradores.

Os rodoviários pedem reposição de 6,97% das perdas com a inflação e um reajuste salarial real de 5%. A pauta inclui, também, o reajuste do vale-alimentação. 

Com o objetivo de garantir a valorização salarial dos motoristas que acumulam a função de cobradores, o Sindicato solicita a criação de uma nova categoria funcional com piso salarial específico. 

“Acreditamos que essa é a forma mais adequada de recompensar esses trabalhadores, que sofrem diariamente um desgaste mental e físico ao ter que receber passagens em dinheiro, fazer troco, atender passageiros com problemas de mobilidade e dirigir. Nada mais justo que esses motoristas serem incluídos em outra categoria com salário diferenciado”, afirma o presidente do STTRP, Claudiomiro do Amaral.

A primeira rodada de negociações com o CTCP está marcada para o dia 29 de janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − cinco =